☾✩ Capítulo 1

Clique no play e acompanhe o capítulo com sua trilha sonora


A muito tempo, numa terra de reis e rainhas, uma princesa mesquinha e cruel com seu povo, foi amaldiçoada. Tanto ela como seus pais eram maus e esnobes, e assim, no dia do seu casamento, uma bruxa invadiu seus aposentos e rogou-lhe uma maldição: Aquela que foi a mais bela das moças, porém com o coração mais sujo que o próprio limbo dos oceanos, sucumbirá uma vez que nunca morrerá, e assim como despreza o seu povo, o reinado de seus pais pagará um preço alto com a desgraça que cairá sobre todos da sua família!

A jovem caiu em um sono profundo, e ao despertar, viu-se horrorizada com o que havia se transformado. Não conseguia se mover, pois suas pernas haviam sumido e no lugar delas havia um pedaço horrendo de peixe, e com muito custo, chegou até a porta onde gritou por ajuda. Os criados ao chegarem, ficaram apavorados - Não toquem nela ou contrairão a maldição!!! - um deles gritava, e todos recuaram, deixando-a sozinha. Quando o sol se pôs, a garota entrou em transe, e quando voltou a si, suas pernas haviam voltado, e estava perfeita, ela correu em direção aos pais para dizer que estava tudo bem, mas ao nascer do sol, a calda de peixe voltou e ela caiu, desesperada sem poder andar novamente. Seus pais entraram em desespero, trouxeram druidas, cavaleiros e homens do mercado negro, mas ninguém foi capaz de quebrar a terrível maldição. As coisas não estavam nada bem, por terem uma filha amaldiçoada, seu povo já não trabalhava direito com medo da bruxa voltar, e outros reis recusavam se aproximar do seu castelo com medo de se contagiarem... Vendo que os lucros caíam e a desgraça rondava o nome da família, não viram outra solução a não ser banir a própria filha para longe do reino, trazendo novamente a paz e as riquezas, deixando-a numa ilha distante. Mas a princesa, odiosa com a atitude dos pais, ao descobrir que nadava com glamour e respirava na água, nadou e voltou para o castelo. Entrou na calada da noite e cega pelo ódio, matou seu pai. A rainha, horrorizada, já não a enxergava mais como sua filha, mas sim como uma aberração e agora assassina. 
Quando amanheceu e a jovem voltou a ser metade peixe, sua mãe contratou alguns capangas que a acorrentaram e trancaram-na num caixão, voltaram na ilha e a enterraram lá.... viva. Todas as noites ao transformar-se em humana, ela se debatia desesperada tentando sair, mas seu esforço era em vão. Não conseguiu contar quantas vezes havia morrido de fome, e despertava novamente após cada transe de sua mudança corporal, novinha em folha. E todas as noites, ela lembrava da bruxa, e de suas palavras... Ela não podia morrer, mas também não chamaria aquilo de vida. Não encontrou outra solução a não ser ficar o resto da eternidade ali, talvez na esperança de ser encontrada...
O reino caiu com a morte do rei e os aldeões tomaram posse de tudo, logo outros povos chegaram e se apossaram de partes das terras, e assim a aldeia foi se tornando uma cidade. Séculos se passaram, a monarquia havia sido substituída pela ditadura. Alguns contrabandistas de vinho que procuravam um lugar para se esconder das leis e dos impostos, encontraram a ilha, e construíram uma tenda para viverem ali. Um dia, cavando por lá, descobriram o caixão, e ao abri-lo, viram a garota. Ela estava pálida e parecia morta, mas não tinha nenhum traço de envelhecimento. Deixaram-na ali e ao anoitecer, ela despertou e vendo que estava livre, saltou no mar e desapareceu.
Os tempos continuaram a passar e a ditadura desmoronou trazendo a república, e os dias atuais, mais precisamente um lugar onde um grupo de jovens recém formados se hospedavam para aproveitar as férias de formatura, um lugar... onde corria uma lenda... A lenda da dama da noite. 
E assim, a nossa história começa...

9 comentários:

Cássia disse...

Uhhhhhh mistério, terror, suspense, mitos, garotas amaldiçoadas...
Encontrou a fã número 1 dessa história! \o/
Super empolgada agora para descobrir o que vai acontecer a esses jovens!

xoxo

Cássia disse...

Ps: Adorei o novo layout do blog!
E A-M-E-I a música!
Essa história tem tudo pra me seduzir completamente!

Jessica - Ciana disse...

Hahahaha fico super feliz de saber que a história já tem uma fã número 1!!!! \O/

Que ótimo que tenha gostado da música! Tentei fazer uma coisa diferente dessa vez, ao invés de colocar a música numa playlist, fica melhor colocando ela no capítulo, assim posso colocar várias em vários tipos de cena, fica bem melhor vc lendo um capitulo de romance ouvindo uma musica de romance invés de uma musica aleatória que rola na playlist rs

Super abraço!!!

Layla disse...

Estou apaixonadaaaaa !!!!!!!!!!!!! Amei demaissss ! Super curiosa para saber oque vai acontecer com esses jovens . Também adorei o layout.

Bjks

Cássia disse...

Verdade, vendo por este lado fica bem melhor assim mesmo.
Sem falar que é a primeira coisa que os leitores vão ver no capítulo, então já clicam logo pra ouvir e acompanha a leitura.
:)

Guilherme Pokis disse...

Que isso, Jéssica, volta a escrever e nem me avisa?
kkkkkk, brincadeira.
Eu acabei de ler a história Ma Belle e li esse 1º capítulo de "A Dama da Noite", e gostei muito.
Mas foi uma brincadeira, sempre entro em seu blog para ver se você voltou.
Adorei essa síntese da nova história, e fique tranquila, eu visitarei seu blog todos os dias a espera de novos capítulos.
Você sempre terá a mim como leitor, xD.

Abraços, fique bem, e boa sorte, novamente, com o blog e suas novas histórias. xD

Jessica - Ciana disse...

Oi queridaaa!!!! Eeee apaixonada é bom!!! heuheuheuheu
Que bom que gostou de tudo, espero surpreendê-los com essa nova aventura *-*)

Beijos!

Jessica - Ciana disse...

Aeeee você por aqui, querido!!!
Eu acho que passei sim no seu blog, mas acabei esquecendo de deixar recado kkkkkk

Mas que bom que chegou!! Agradeço pela companhia ^_^

Um abração!

David Veiga disse...

Opaaa! Essa história me agradou, viu? Só a sinopse eu li e adorei!

- Jéh, por favor, atualiza o link do meu diário. Mudei de URL, ao ínvés de david-veiga é mrdavidveiga.

Beijos e abraços!